Refraseando

Editorial Revisão textual Leitura crítica Formatação ABNT Copidesque Redação Digitação

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

A Amante de Hitler - Catherine Marcelle


Sinopse:

"'Os brutos também amam'. Esta frase é conhecida, não me lembro de quem é e nem em qual contexto se aplica, mas me veio a cabeça na divulgação deste livro. Tá certo, Hitler foi mais que um bruto, foi um genocida, mas segundo a autora Catherine Marcelle, ele foi capaz de amar. Sim, antes do monstro ele foi humano. Dos primórdios em Viena até os derradeiros momentos na Argentina, o livro traça a trajetória do artista que virou ditador e da mulher que conheceu o outro lado da história, até então não contada."

Texto de orelha escrito pela Refraseando:

Entre as diversas formas de amor, eis a mais proibida. De longe, uma estudante do Instituto de Belas-Artes apaixonada por um homem cheio de mistérios. De perto, uma judia apaixonada por um alemão. Ela tem uma história de vida já arrebatada por destinos dolorosos, como a morte de seu pai e o sustento da família nas mãos da mãe. Ele está de frente à vida solitária em uma Alemanha de embates políticos. Seus caminhos se cruzam sob a chuva forte de Viena e seguem em encontros de tirar o fôlego. Mas é preciso guardar bem os momentos juntos, pois, quando acabam, provocam dores e despedidas. Do amor proibido, faz-se a luta. Amar Adolf Hitler, afinal, é travar guerras.

1 comentários:

  1. O amor de Hitler e Karolynne transita pela vida real dele, o que é incrível. Muito interessante.

    ResponderExcluir

ENTRE EM CONTATO